quarta-feira, 22 de junho de 2016

22/06/2016 07h05 - Atualizado em 22/06/2016 07h05

Artilharia no ano valoriza Sasha, e Inter estipula quase R$ 40 mi para liberá-lo

Direção tenta segurar atacante para lutar pelo título brasileiro. No entanto, mercado inglês já demonstrou interesse e há o temor com a reabertura da janela na China

Por Porto Alegre
sasha gol internacional x Atlético-MG (Foto: Jeferson Guareze / Agência Estado)Eduardo Sasha soma 26 gols em 98 partidas pelo Inter  (Foto: Jeferson Guareze / Agência Estado)
O primeiro semestre de Eduardo Sasha rendeu frutos ao Inter e despertou o interesse do Velho Continente. O futebol inglês já se movimenta para tentar retirá-lo do Beira-Rio. No entanto, não está nos planos da direção, que nega ter recebido qualquer proposta, liberá-lo antes do fim do Brasileirão. O camisa 9 é visto como peça fundamental para a luta pelo título. Porém, uma cifra milionária pode mudar o pensamento colorado.
O clube, que detém 60% dos direitos do meia-atacante, só inicia conversas com o valor em torno de € 10 milhões (R$ 38,4 milhões), independentemente do que sobraria ao atleta, que é dono de 30%, e ao empresário Delcir Sonda, detentor dos outros 10%.
No ano passado, o Al-Jazira, dos Emirados Árabes, já tinha buscado informações por Sasha, mas o negócio não prosperou. Há ainda o temor de que o abastado mercado chinês volte novamente os olhos ao Brasil e apresente um valor suficiente para tirar o atacante do Beira-Rio. A janela de transferências reabriu na terça-feira.
A cúpula, todavia, conta com o camisa 9. Apesar da chegada de Ariel e Brenner para o setor, vê em Sasha uma das principais armas do time, que também conta com Vitinho, Aylon, Bruno Baio, Mike e Maurides. A capacidade de cumprir funções no ataque e recompor a marcação no meio de campo com a mesma desenvoltura são características que atestam a qualidade do jogador.
Eduardo Sasha Inter Internacional  (Foto: Ricardo Duarte/Inter)Sasha pode ser assediado pelo mercado externo nesta metade do ano (Foto: Ricardo Duarte/Inter)
A intenção, aliás, é reforçar o setor. Nicolás López, do Nacional, ainda está nos planos. Uma proposta por 50% dos seus direitos foi realizada, na qual os gaúchos ofereceram uma quantia não revelada e 50% dos direitos de uma promessa de até 18 anos das categorias de base.
O investidor Gino Pozzo, filho de Giampaolo Pozzo, dono da Udinese, com quem o uruguaio tem vínculo, não respondeu. Para complicar, na terça-feira, o presidente do Nacional, José Luis Rodríguez, declarou que o atacante permanecerá no clube por pelo menos seis meses. 
Sasha é um dos expoentes da equipe de Argel. Já soma 12 gols na temporada e é o principal artilheiro do grupo. Ainda no início da temporada, estipulou como meta terminar 2016 com 20 tentos, o que, a julgar pelo ritmo, não será complicado de bater.
Enquanto o Inter se blinda contra investidas do mercado externo, o atacante é uma das apostas de Argel em busca da recuperação contra o Coritiba, na quinta-feira, pela nona rodada do Brasileirão. Formado nas categorias de base do clube, o jogador de 24 anos tem 98 partidas pelo Colorado, com 26 gols marcados.

domingo, 19 de junho de 2016

19/06/2016 10h05 - Atualizado em 19/06/2016 10h05

Por foco no Brasileiro, Inter nega convite do La Coruña para amistoso

Jogo ocorreria dia 27 de julho, no Beira-Rio, quatro dias antes de duelo com Timão

Por Porto Alegre
Inter, treino fechado, Beira-Rio (Foto: Divulgação / Internacional)Inter, treino fechado, Beira-Rio (Foto: Divulgação / Internacional)
Com foco total no Brasileirão, o Inter, atual líder isolado com 19 pontos, evita quaisquer distrações que possam atrapalhar sua campanha na competição. O Colorado negou, nesta sexta-feira, um convite do La Coruña, da Espanha, para disputar um amistoso no Beira-Rio, em 27 de julho.

A ideia, claro, é rechaçar qualquer compromisso que possa atrapalhar a preparação da equipe para os duelos do Nacional, mesmo que exista a possibilidade de dar rodagem aos reservas. Até porque a partida, caso confirmada, seria realizado quatro dias antes de encara o Corinthians, também no Beira-Rio, no dia 31 de julho. A rodada anterior reserva compromisso com a Ponte Preta, dia 24.

O convite para o Inter faz parte da programação da equipe espanhola na reta final de sua pré-temporada, a ser realizado em solo sul-americano. Antes, o La Coruña tem amistosos marcados contra Peñarol e Nacional, nos dias 22 e 24.
Neste domingo, o Inter tenta retomar a liderança do Brasileirão no confronto com o Figueirense, às 16h, no Orlando Scarpelli. Argel reencontra a sua antiga equipe, com a qual conquistou o primeiro título na carreira. O Colorado deve ter Fabinho ao lado de Rodrigo Dourado no meio-campo - assim, Fernando Bob fica no banco. 
>> FIGUEIRENSE X INTER

Local:
 Orlando Scarpelli
Data e hora: domingo (19/06/2016), às 16h (de Brasília)
Escalação provável: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fabinho, Gustavo Ferrareis, Alex e Eduardo Sasha; Vitinho.
Desfalques: Valdívia, Marquinhos, Anselmo
Transmissão: TV Globo para RS e DF (com Paulo Brito, Mauricio Saraiva e Márcio Chagas) e Premiere (com Luiz Alano e Batista)
Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira (SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Alberto Poletto Masseira (SP).


Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs