segunda-feira, 23 de maio de 2016

22/05/2016

Inter conquista vitória heroica no Morumbi


Colorado teve atuação madura na capital paulista e volta com os três pontos
Com uma atuação valente e aguerrida, o Colorado venceu o São Paulo por 2 a 1, neste domingo (22/05), em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de passar a maior parte do jogo com a vitória nas mãos, viu o adversário empatar e ainda ficar com um jogador a menos em campo. Porém, o time treinado por Argel foi maduro e corajoso, buscou o gol nos últimos minutos e arrancou uma importante vitória no Morumbi, trazendo os três pontos na bagagem de volta para Porto Alegre.
Agora o momento é do torcedor colorado. Cabe a ele lotar o Beira-Rio no próxima quinta-feira, empurrar o Internacional para uma grande vitória sobre o Sport e embalar de vez na busca pelo tetracampeonato nacional. Os ingressos já estão à venda - clique aqui!
Novidades
A equipe colorada esteve repleta de novidades para a partida na capital paulista. A saída de Alisson, negociado para o futebol europeu, gerou duas mudanças na equipe, uma em baixo das traves e outra na braçadeira de capitão. Danilo Fernandes, contratado para substituir o ex-camisa 1, assumiu as luvas e esteve bastante seguro durante a sua estreia, fazendo importantes intervenções. Além dele, Paulão estreou como capitão da equipe, herdando a braçadeira de Alisson. Outra cara nova foi o volante Anselmo, recém contratado junto ao Joinville, que também fez a sua estreia. Além deles, Nilton voltou a atuar pelo Colorado depois de cumprir longa suspensão.
Duelo de gigantes
Local de grandes confrontos, o Morumbi foi testemunha de mais um duelo entre São Paulo e Internacional, que já proporcionaram partidas históricas no estádio paulista. A primeira boa chance foi a favor do time da casa. O Colorado vacilou na saída de bola e Calleri ficou com ela. O atacante argentino tentou driblar Danilo Fernandes, mas acabou desarmado por Ernando. No rebote, Kelvin chutou forte da entrada da área, mas lá estava o novo goleiro do Inter para espalmar pelo lado. Pouco depois, em jogada ofensiva colorada, a arbitragem não viu infração cometida por Lugano, que perdeu na dividida com Vitinho e colocou o braço na bola dentro de área. Pênalti claro não marcado para o Inter.
Após os primeiros minutos, o Inter passou a neutralizar as jogadas do adversário e ter maior controle do meio de campo. Gradativamente, ia chegando à frente com perigo. Aos 21 minutos, Anselmo arriscou de fora da área, mas a bola passou ao lado da meta de Dênis. o zagueiro Paulão mais uma vez mostrou qualidade também na área adversária, driblando o marcador e cruzando para Andrigo, que dominou e chutou forte, mas a bola explodiu na marcação.
Sasha abre o placar
Camisa 9 encobriu o goleiro com leve toque 
A essa altura, o Inter já tinha o domínio do jogo e o gol poderia sair a qualquer momento. Aos 36 minutos, não teve jeito. Vitinho recebeu na intermediária e encarou a marcação, atraindo dois adversários para si. Esperto, o camisa 11 enxergou a movimentação de Eduardo Sasha, que projetava-se por trás dos zagueiros. O passe saiu açucarado e o camisa 9 não perdoou: um leve toque por sobre o goleiro, fazendo a bola morrer no fundo das redes: 1 a 0 para o Colorado!
São Paulo pressiona e empata
Com a vantagem no placar, o Inter voltou para a etapa complementar com a proposta de administrar o placar e sair nos contra ataques. O São Paulo, porém, foi para frente com toda força em busca do gol de empate. Foi então que Danilo Fernandes, a nova contratação colorada para a camisa 1, mostrou toda sua qualidade, fazendo importantes defesas, como das tentativas de Calleri de cabeça, aos 7 minutos, e no chute de Centirión, aos 11.
O meia Alex acabou expulso pelo árbitro Péricles Bassols. Após derrubar Ganso, o meia são-paulino deixou as travas no peito do camisa 12 colorado, que cobrou atitude da arbitragem. Porém, o juiz preferiu mostrar o segundo cartão para o jogador do Inter. Logo na sequência, Lugano aproveitou jogada de bola parada e subiu alto para igualar o marcador.
Colorado valente
Entretando, o Inter não se intimidou e, mesmo faltando poucos minutos, foi em busca do gol da vitória. O lateral William partiu em arrancada incrível pelo flanco esquerdo, deixando toda a defesa adversária na saudade. Após invadir a grande área, ainda teve frieza para cortar mais um marcador e rolar para Eduardo Sasha. O camisa 9 dominou com frieza, decidido a decretar a vitória para o Inter, e desferiu um chute fuminante, no canto oposto. Foi o seu segundo gol na partida, dando números finais ao jogo.
FICHA TÉCNICA
São Paulo (1): Denis; Bruno, Maicon, Lugano e Matheus Reis; Hudson, Wesley (Rogério), Ganso, Kelvin (Lucas Fernandes) e Centurión (Alan Kardec); Calleri. Técnico: Edgardo Bauza
Internacional (2): Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Anselmo (Nilton), Fabinho e Andrigo (Alex); Eduardo Sasha e Vitinho (Bruno Baio). Técnico: Argel
Local: Estádio Morumbi, em São Paulo
Gols: Eduardo Sasha, aos 36 minutos do primeiro tempo e aos 43 minutos do segundo tempo (I); Lugano, aos 41 minutos do segundo tempo (S).
Arbitragem: Pericles Bassols Pegado Cortez, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Guilherme Dias Camilo.
Cartões amarelos: Lugano, Hudson, Wesley e Calleri (S); Ernando, Artur, Anselmo, Fernando Bob, Alex (2) e Eduardo Sasha (I).
Cartão vermelho: Alex (I)

domingo, 22 de maio de 2016

22/05/2016 18h15 - Atualizado em 22/05/2016 18h15

Atuações: Sasha e Danilo Fernandes brilham em vitória do Inter no Morumbi

Goleiro fez três defesas grandes defesas e ajudou a equipe a superar o São Paulo fora de casa por 2 a 1, com dois gols do atacante

Por São Paulo
Header_Internacional_690 (Foto: Arte Esporte)


Danilo Fernandes
Na partida de estreia, mostrou a razão de ter sido "escolhido a dedo", como disse Argel em recente entrevista coletiva. O goleiro fez três defesas que impediram o São Paulo de conseguir o resultado positivo. Sem culpa no gol de Lugano. Nota: 7,5
Vitinho
Infernizou a defesa do São Paulo junto com Eduardo Sasha. Ainda foi o responsável pela assistência ao parceiro, no primeiro gol da partida. Acabou substituído por Bruno Baio. Nota: 7,0
Eduardo Sasha
Segue com a pontaria afiada. Ao receber de Vitinho, só teve o trabalho de desviar de Denis. Além das tabelas com o camisa 11, driblou a zaga, perdeu uma oportunidade, mas não desperdiçou o cruzamento de William para marcar o segundo. Nota: 8,5

Alex
Até tinha entrado bem. Mas fez a falta em Paulo Henrique Ganso, levou o chute no peito e se irritou. Acabou expulso de campo, em lance que culminou no gol de empate de Lugano. Nota: 4,0
Confira as notas:

Danilo Fernandes [GOL]: 7,5
William [LAD]: 7,0
Paulão [ZAG]: 4,5
Ernando [ZAG]: 5,0
Artur [LAE]: 6,5
Anselmo [VOL]: 5,5
(Nilton [VOL]): 6,0
Fernando Bob [VOL]: 5,0 
Fabinho [VOL]: 6,0
Andrigo [MEC]:6,0
(Alex [MEC]): 4,0
Eduardo Sasha [ATA]: 8,5
Vitinho [ATA]: 7,0
(Bruno Baio [ATA]): sem nota