domingo, 31 de janeiro de 2016

Perfume de gols30/01/2016 | 09h05

Goleador e destaque da Copa São Paulo: Yan Petter, o guri promovido por Argel

Técnico do Inter elogiou atuação do meia-atacante na competição da base e no jogo-treino diante do Danubio

Goleador e destaque da Copa São Paulo: Yan Petter, o guri promovido por Argel Ricardo Duarte/Inter/Divulgação
Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação
Com perfume de gol. Assim Argel definiu sua mais nova promessa. Os 21 jogadores que o técnico colorado costuma exaltar, que cresceram na base do Inter e estiveram na pré-temporada nos EUA neste início de temporada, agora, têm Yan Petter como companheiro de elenco. A desenvoltura do meia-atacante em campo diante dos uruguaios do Danubio, na quarta-feira, rendeu-lhe um convite para treinar entre D'Alessandro e seus recentes colegas de juvenil, Andrigo e Bruno Baio. 

– Gostei da atuação dele, quero vê-lo mais de perto. Achei ele um jogador rápido, bom finalizador. Uma coisa é você ver na TV, outra é treinar junto. Gostei do faro que ele tem, do perfume de gol. Finaliza muito bem, parecido com Vitinho. É uma seta sempre apontada para o gol adversário – resumiu o treinador colorado em entrevista coletiva após o treino de sexta. 

Fernando Carvalho sobre frase de Edinho: "Nem ele acredita"

Perfumes, cheiros e sinalizações à parte, Yan Petter surge em uma espécie de recomeço da carreira aos 19 anos, que começou no Beira-Rio em 2006. Por estresse, fraturou os dois pés e teve de deixar os gramados por 10 meses entre 2013 e 2014. Usou parte da temporada passada para recuperar-se, voltar a jogar com intensidade e recuperar um lugar entre os titulares da categoria. Recebeu de Carlos Leiria a primeira grande oportunidade após a lesão pela Copa São Paulo de Futebol Junior no início deste ano. Virou protagonista daquele time – que parou no Corinthians pela quarta fase –, fez gol e virou os holofotes para si. 

Clube da Bolinha: conheça as musas do Grêmio e do Inter em 2016

Nas atuações, uma herança de um passado nem tão distante: aquele meia articulador, que aparece com frequência pelos lados do campo, ainda traz cacoetes de lateral-esquerdo, posição que o fez levantar a taça pela seleção no Sul-Americano aos 15 anos. 

– A origem dele é na lateral esquerda. Depois, foi para o ataque. É um jogador que pode fazer a extrema, pelos lados do campo. Yan tem resgate da marcação – disse José Leão, treinador de Yan Petter por cinco anos. 

Ex-técnico do jogador, Clemer também elogia o "atleta diferenciado" que Argel subiu ao profissional: 

– O Petter é um jogador versátil e que também se destaca pela obediência tática. Se ele trabalhar melhor sua competitividade, tem tudo para deslanchar no grupo principal, até porque tecnicamente é um atleta diferenciado – garante o ex-goleiro, hoje à frente do Glória pelo Gauchão. 

"Até as próximas semanas deve ter alguma situação definida", diz Alisson sobre ida para a Roma

O pedido de Argel, porém, não garante que Yan Petter seja um dos relacionados para a disputa do Gauchão. Em um primeiro momento, a lista de incritos não conta com o meia-atacante. Apesar das três vagas que restam, a direção colorada é cautelosa em relação ao jogador. Teme que a rápida ascensão reflita negativamente em campo e prefere deixar em aberto a possibilidade de o torcedor colorador ver Yan pelo Campeonato Gaúcho. 

– Fez uma boa taça São Paulo. Argel gostou dele no treino contra o Danubio, mas temos de ter cuidado para não antecipar o que não pode antecipar – explicou o vice de futebol do Inter, Carlos Pellegrini. 

"Até as próximas semanas deve ter alguma situação definida", diz Alisson sobre ida para a Roma

Mas, no que depender do histórico do jogador na base colorada, a "veia goleadora" de Sasha poderá ser vista no meia-atacante de cabelo moicano. 

– Ele sempre fechava a temporada comigo como goleador do time – finalizou Leão.

Artur minimiza vaias após empate em estreia do Inter: "A torcida daqui a pouco aplaude"

Se tudo correr de acordo com os planos de Argel, nas próximas temporadas, o torcedor colorado terá um nome composto para torcer: Yan Petter. 

Nenhum comentário: