quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Piffero recusa R$ 25 milhões, mas admite vender Anderson: "Vale mais"

Presidente do Inter explicou que proposta do futebol chinês pelo camisa 8 colorado ficou abaixo da expectativa e não fechou a porta para futura negociação

Por Porto Alegre
Anderson em treino do Inter  (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)Anderson pode deixar o Beira-Rio em caso de nova proposta da China (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)
O Inter rechaçou uma proposta de R$ 25 milhões do futebol chinês por Anderson. Isso não é garantia, porém, da permanência do meia no Beira-Rio em 2016. Em entrevista ao programa Sala de Redação, da Rádio Gaúcha, o presidente Vitorio Piffero admitiu que será difícil segurar o jogador caso os chineses aumentem as cifras da negociação. 

– Se eles chegarem ao valor que eu entenda que o Anderson vale, fica difícil dizer não – resumiu o mandatário colorado. 
LEIA MAIS> Presidente do Inter tem reunião com Anderson> Inter recusa proposta da China por Anderson

Na segunda-feira, Piffero se reuniu com Anderson e com empresário Sérgio Leismann. Explicou ao jogador os motivos que o levaram a recusar a proposta e reafirmou que apostava no crescimento do meia em 2016. Afinal, o camisa 8 foi uma das principais contratações de sua gestão.

– O Anderson talvez tenha sido, dos sete que eu trouxe, o mais criticado. A partir do segundo semestre nós vimos um crescimento muito grande do Anderson dentro de campo. Ele tem sido o diferencial no nosso time. Acho que ele vai crescer mais e acho que ele vale mais do que isso. É pouco, não vou vender por esse valor – disse Piffero, na mesma entrevista.  

A expectativa é de que os chineses possam aumentar a oferta. O Inter tem 40% dos direitos econômicos do jogador. Outros 40% pertencem a um grupo de investimentos, do empresário e parceiro do Inter, Delcir Sonda. Os 20% restantes estão na mão do próprio jogador. 

Caso seja concretizada, a transferência de Anderson para a China pode virar um bom negócio para o Inter, mas ainda melhor para o meia de 27 anos. O país asiático se tornou o principal mercado para os jogadores brasileiros nesta janela de transferências. O Corinthians, atual campeão brasileiro, já perdeu Jadson e está prestes a selar a venda de Elias. Luis Fabiano, ex-São Paulo, seguiu o mesmo caminho, trilhado antes por jogadores como Barcos e Marcelo Moreno. Os altos salários pagos, na casa dos milhões, são considerados irrecusáveis. 

Contratado em fevereiro, Anderson firmou vínculo com o Inter por quatro temporadas, com salários na casa dos R$ 450 mil, com outros R$ 5 milhões de luvas, diluídos ao longo do contrato de 48 meses. Ao todo, somou 45 jogos na temporada, com um gol anotado. 
Internacional Inter Anderson Lance de Craque Beira-Rio (Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)Anderson participou do Lance de Craque no Beira-Rio no domingo (Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)


Nenhum comentário: