domingo, 3 de agosto de 2014


Após deixar clube no Catar, Nilmar tem situação monitorada pelo Inter

Jogador teria rescindido contrato com o clube catari e colorados buscam informações sobre situação do atacante

Por Porto Alegre
60 comentários
Nilmar e Jemal El Jaish x Al Fateh (Foto: AFP)Nilmar volta a estar nos planos do Inter (Foto: AFP)
A cada seis meses, o desejo do Inter de ter Nilmar volta à tona. E, com mais uma janela de transferências aberta, ainda mais com a notícia da rescisão de contrato de Nilmar com o El Jaish, do Catar, o Inter volta a monitorar a situação do atacante.
Até para evitar criar falsas expectativas, como nas tentativas anteriores - que não foram exitosas -, a direção é cautelosa ao abordar o assunto.
O atacante, entretanto, segue na alça de mira da cúpula. Sonho dos colorados, Nilmar é observado pela cúpula colorada, que procura informações sobre possíveis propostas ao atacante de times do próprio Catar ou de outros países. O clube ainda não fez proposta pelo jogador, mas pode entrar com mais força no negócio nos próximos dias.
Os vencimentos são outro entrave. Os xeques não têm problemas financeiras e pagam altos salários para os jogadores. Principalmente suas grandes estrelas, como é o caso de Nilmar. Seria necessário um acerto entre as partes para um desfecho positivo.
Outra situação que merece um cuidado especial por parte da direção é pela condição do atacante. O futebol do Catar não apresenta a mesma competitividade do disputado na Europa e América do Sul. A contratação de Alex no ano passado, que veio do Al-Gharafa e precisou de um longo período para se equiparar fisicamente aos companheiros, deixa o alerta ligado.
Outros ex-colorados também são estudados
Nilmar não é o único ex-jogador com passagem pelo Beira-Rio que é observado pela direção. Fred e Taison, ambos do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, também têm seus passos vigiados. A situação de conflito no país deixa uma esperança. Pequena.
O Inter sabe que é complicado negociar com os dirigentes do leste europeu, que não têm problemas financeiros. A única hipótese admitida pelos colorados de repatriar Fred e Taison é de uma paralisação no Campeonato Ucraniano.

Nenhum comentário: