sexta-feira, 23 de maio de 2014

 - Atualizado em 

Mesmo com preços baixos, busca de ingressos é baixa para Inter x Cruzeiro

Direção espera cerca de 12 colorados para o jogo deste domingo no Centenário

Por Caxias do Sul
9 comentários
Torcida Inter Centenário (Foto: Tomás Hammes / GLOBOESPORTE.COM)Inter busca mais uma vitória pelo Brasileirão 
(Foto: Tomás Hammes / GLOBOESPORTE.COM)
O retorno do Inter ao Centenário ainda não empolgou o torcedor. O tempo frio e chuvoso que assola Caxias do Sul faz a procura por ingressos ser baixa. A expectativa da direção é de apenas 12 mil espectadores para empurrar a equipe de Abel Braga a mais uma vitória no Brasileirão.
Até o momento, 3.411 torcedores já garantiram presença no jogo do final de semana. Destes, 1.521 adquiriram ingresso e outros 1.890 fizeram o check-in obrigatório para sócios que não precisam comprar as entradas.
A cadeira custa R$ 80. A Arquibancada Central é comercializada ao preço de R$ 50, enquanto a Arquibancada Popular é vendida por R$ 30. Sócios da modalidade "campeão do mundo" têm 50% de desconto.
Em campo, Abel segue repleto de problemas. Paulão ainda não está liberado. Gilberto segue com a seleção sub-21 no Torneio de Toulon, enquanto Aránguiz está com o Chile que se prepara para a disputa da Copa do Mundo. E ainda perdeu Alex e Alan Patrick, com problemas na coxa direita.
Por outro lado, Juan, Willians, D'Alessandro e Rafael Moura voltam a ficar à disposição. O provável time colorado tem Dida; Diogo, Ernando, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, D'Alessandro, Valdívia e Otávio; Rafael Moura.
O Inter ocupa a quinta posição com 12 pontos, enquanto o Cruzeiro é o líder com 13. O jogo de domingo está marcado para as 18h30m.
Serviço para Inter x Cruzeiro

Preços

Cadeira: R$ 80 / Sócio: R$ 40
Arquibancada Central: R$ 50 / Sócio R$ 25
Arquibancada Popular: R$ 30 / Sócio: R$ 15
Vendas
Sócios a partir de terça-feira pela internet.
Torcedor em geral: a partir de quinta-feira pela internet.
Bilheterias do Centenário: a partir de quinta-feira, das 10h às 18h.

Nenhum comentário: