sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

 - Atualizado em 

Abel Braga é o novo técnico do Inter

Após dois meses de indefinição, Colorado fecha com treinador campeão do mundo em 2006. Também oficializa a volta do cargo de vice de futebol

Por Porto Alegre
199 comentários
Abel Braga, técnico de futebol (Foto: Rafael Cavalieri)Abel Braga volta a comandar um clube em 2014
(Foto: Rafael Cavalieri)
Após dois meses de flerte ,  Abel Bragaenfim, é o técnico do Inter. Sem clube após passagem pelo Fluminense, o treinador foi oficializado pelo Colorado ainda nesta sexta-feira como o comandante da temporada de 2014. Houve mudança também na cúpula: antes diretor de futebol, Marcelo Medeiros agora é vice-presidente de futebol - o outro diretor Luís César Souto de Moura pedira demissão no início desta semana.
Abelão retorna ao clube em que alcançou os maiores títulos da carreira. Foi campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes, em 2006. Acabaria demitido em abril de 2007, após eliminações precoces no torneio continental e no Campeonato Gaúcho. Será, ao todo, a sua sexta passagem pelo Inter. Treinou o clube entre 1988 e 1989, depois em 1993 e 1995 e o já referido período de 2006 a 2007, quando teve maior destaque. Ainda voltaria ao Inter apenas quatro meses após ter sido demitido, na vaga de Alexandre Gallo. Venceu o Gauchão de 2008 e deu lugar a Tite.
Com Abel, trabalharão na comissão técnica o auxiliar técnico Leomir de Souza, pelos preparadores físicos Cristiano Nunes e Marcelo Chirol, pelo preparador de goleiros Marquinhos, e o observador Fábio Moreno.
Após a demissão de Dunga, no início de outubro, o técnico foi procurado pelo presidente Giovanni Luigi e o diretor de futebol Marcelo Medeiros ainda no Rio de Janeiro. Na ocasião, recusou o convite porque tinha uma viagem marcada com os familiares para a Europa. Demitido do Fluminense em 29 de julho, após derrota para o Grêmio na Arena, Abel Braga não estava disposto a assumir novo compromisso ainda nesta temporada. Chegou a receber oferta do Flamengo, que dispensou Mano Menezes, mas as conversas não evoluíram.
Sem Abel, a cúpula resolveu manter o ex-goleiro Clemer que, seria o interino, para treinar o Inter no restante da temporada. Neste período, o time acabou eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil para o Atlético-PR. Ainda lutou contra o rebaixamento até a última rodada do Brasileirão. Finalizou a competição em 15º com 48 pontos, apenas dois à frente do Fluminense, que disputará a Série B em 2014.
Apesar das negativas públicas, Abel e Inter mantiveram os contatos. O técnico conversava com a direção para definir a pré-temporada, possíveis reforços, saídas.
Para a próxima temporada, Abelão começará o trabalho com o grupo no dia 8 de janeiro, quando está marcada a reapresentação do clube. Disputara Gauchão, Copa do Brasil e Brasileirão. Novamente alijado de competições internacionais, o principal objetivo é conquistar um certame nacional. A última vez ocorreu em 1992, quando venceu a Copa do Brasil. O hiato do Brasileirão é ainda maior. Desde 1979, não levanta a taça.

Confira mais notícias do esporte gaúcho em globoesporte.com/rs

Nenhum comentário: