sexta-feira, 11 de outubro de 2013

- Atualizado em

Projeto prevê escolha de cadeiras por sócios e 'zona livre' no novo Beira-Rio

Documento que será votado nesta segunda-feira pelo Conselho propõe uma área sem cadeiras marcadas pelo torcedor no novo estádio

Por Porto Alegre
15 comentários
beira-rio obras reforma estádio copa do mundo inter (Foto: Divulgação/Inter)Beira-Rio receberá jogos no Gauchão de 2014
 (Foto: Divulgação/Inter)
A reunião do Conselho Deliberativo na noite da próxima segunda-feira, 14 de outubro, será importante para o futuro do Inter. Não pelos resultados em campo, tampouco para a definição do novo técnico. O que estará em pauta é a “discussão e votação do projeto de setorização do Estádio Beira-Rio”. Se aprovado, o plano irá ditar as regras que nortearão os associados no novo estádio.

O GLOBOESPORTE.COM teve acesso ao documento de 24 páginas, descrito como confidencial, do parecer do Conselho Fiscal e da Comissão Especial de Relacionamento com Sócios. O ofício aponta que os sócios terão o direito a escolher o local que ficarão na casa colorada. Apesar disso, a área não restringirá os movimentos do torcedor, que poderá circular por um setor, ainda não determinado, durante a partida.

As “zonas livres” são este espaço onde o aficionado não terá um lugar fixo. Serão 28 mil lugares sem assento marcado. O Inter promete que o local terá preços acessíveis.

De acordo com a proposta, o clube disponibilizará um espaço de 5.500 a 5.800 cadeiras centrais, sendo elas 3.400 superiores e entre 2 mil e 2.400 inferiores, com lugares marcados  para os sócios na Padre Cacique. Serão comercializados 1.149 lugares denominados reservados, na altura dos camarotes, que ficarão atrás dos dois gols.

A escolha do sócio

A intenção do Inter é não diminuir as vantagens do associado. Até por isso, ele e o locatário de cadeira escolherão o local que ficará no estádio.
Tipo de sócio Local no estádioVantagens
Contribuinte Poderá escolher se permanecerá no local autal ou em nova cadeira com lugar marcadoPoderá escolher um lugar marcado pagandi um valor adicional ou sentar na "zona livre"
Campeão
do Mundo
Poderá escolher se permanecerá no local atual ou em nova cadeira com lugar marcadoPoderá comprar o serviço garantido de "zona livre" ou adqurir cadeiras centrais ou superiores com lugares marcados
 O sócio contribuinte ou da modalidade “Campeão do Mundo” poderá optar pelo se desejam seguir no espaço atual ou ficar na nova cadeira central com lugar marcado. Já os fãs cadastrados que têm acesso garantido – sócio contribuinte e demais sócios – terão o direito de escolher um lugar marcado pagando um valor adicional ou sentar na “zona livre” sem lugar marcado com ou sem check In.

Na modalidade “Campeão do Mundo”, o sócio ainda poderá comprar o serviço garantido de “zona livre”, lugar marcado ou adquirir por partida cadeiras na “zona livre” ou cadeiras centrais ou superiores com lugares marcados.

Definição dos preços

Os sócios pagarão preços distintos. Terá um valor definido para quem mora até 150 km de Porto Alegre, de 151 km a 300 km e outro para quem vive a mais de 301 km da capital gaúcha.

O dependente do sócio contribuinte precisará pagar o valor integral da mensalidade se quiser ter os mesmos direitos de acesso.

A intenção é deixar um total de 15 mil a 20 mil entradas para venda por jogo para o sócio da modalidade “Campeão do Mundo”. Existirá uma reserva de cinco mil lugares e controle de demanda de Check In.
Direito de escolha

A definição para escolha ocorrerá por produto, tempo de associação e idade no cadastro do clube. Os sócios terão prioridade em todos os lugares, sejam com assentos marcados ou não. Familiares poderão escolher seu local em conjunto. O sócio contribuinte que escolher uma cadeira com lugar marcado poderá levar dois amigos para optar em conjunto, se dirigindo até a Central de Atendimento ao Sócio (CAS).
projeto setorização beira-rio (Foto: Reprodução)Reprodução de página do documento a ser votado na segunda-feira (Foto: Reprodução)
Os novos serviços do Beira-Rio
O sócio contribuinte poderá realizar o “Check In garantido”, que não o obrigará a confirmar sua presença em cada partida no estádio. O locatário de cadeiras central com lugar marcado, seja ela superior ou inferior, que, por ventura, informar que não comparecerá ao confronto, poderá receber 25% de remuneração do valor bruto ao sócio, em descontos de futuras mensalidades, caso seu assento já comercializado.

O Inter também se preocupou em retribuir o associado que, mesmo sem poder acompanhar uma partida sequer em 2013, não deixou de pagar religiosamente suas mensalidades. O clube criará o Pacote de Agradecimento Colorado, com desconto de valor para sócios em “zona livre” ou lugar marcado.

As entradas também serão comercializadas com valores distintos, conforme a importância do jogo. Serão os bilhetes divididos em A, B ou C, com os preços definidos no início de cada temporada.
O clube garante que a reforma, que alcançou 87,5% de conclusão, será entregue no prazo previsto, até 31 de dezembro de 2013. A ideia é abrir a partir do Gauchão, mas sem sua capacidade total. O Beira-Rio começará recebendo público entre 20 mil e 25 mil torcedores

Nenhum comentário: