quarta-feira, 2 de outubro de 2013

- Atualizado em

Índio defende Dunga e cita frase do técnico para mostrar mobilização

Zagueiro está confiante em retomada de vitórias pelo Inter e lembrou comandante, que dissera 'desisitir é para os fracos'

Por Porto Alegre
Comente agora
Índio, zagueiro do Inter (Foto: Diego Guichard)Índio, zagueiro do Inter (Foto: Diego Guichard)
“Desistir é para os fracos”. A frase citada por Dunga após o empate em 2 a 2 contra o Atlético-PR, pela Copa do Brasil, se tornou um tipo de mantra para o grupo colorado. O zagueiro Índio, em entrevista concedida nesta quarta-feira, após o treino no CT da Gávea, incorporou o “espírito” do chefe. Deixando claro o apoio ao comandante, usou a expressão do treinador como uma forma de manter a fé no crescimento do grupo.
- Ele (Dunga) tem todo apoio da diretoria e dos jogadores. Todos estão trabalhando. Ele usou a frase “desistir jamais, é para os fracos”. Os jogadores estão com esse mesmo espírito - comenta o zagueiro.
Há três jogos sem vitória no Brasileirão, o Inter necessita da vitória contra o Vasco, nesta quinta, para se manter na cola do G-4. Para isso, de acordo com Índio, Dunga tem trabalhado o brio de cada atleta. 
- O Dunga é um excelente treinador. Todo mundo conhece a pessoa e história dele. Tem nos passado muita motivação e força. Estamos procurando se doar e dar o melhor a cada dia – afirma.
Índio retorna ao time depois de cumprir suspensão contra o Cruzeiro, no final de semana. Será o companheiro de Juan no sistema defensivo. O zagueiro também discorreu sobre um dos principais problemas recentes na equipe: os gols sofridos em início de partida.  Contra o Cruzeiro, por exemplo, o Inter levou gols no começo do primeiro e segundo tempo.
- O Dunga tem sempre cobrado nosso início de jogo. Esperamos que seja diferente. Todo mundo trabalha para entrar e não sofrer gol – afirma.
Na sétima colocação do Brasileirão, com 34 pontos, o Inter está sete atrás do Atlético-PR – quarto e último que estaria garantindo uma vaga à Libertadores em 2014 – e 19 do líder Cruzeiro. Enfrenta o Vasco, às 21h desta quinta, em Macaé.

Nenhum comentário: