sábado, 20 de julho de 2013

20/07/2013 12h41 - Atualizado em 20/07/2013 13h29

Alex assina até 2015, e Inter ainda aguarda árabes para anúncio oficial

Jogador fechou negócio com clube gaúcho na manhã deste sábado, confirma o presidente Giovani Luigi

Por Caetanno Freitas Porto Alegre
Alex, Internacional (Foto: Lucas Uebel / Vipcomm)Alex conquistou a Sul-Americana no Inter em 2008
(Foto: Lucas Uebel / Vipcomm)
Fim de uma das novelas. Quatro anos depois, Alex está de volta ao Inter. O meia de 31 anos assinou contrato até 2015 na manhã deste sábado. O presidente Giovanni Luigi confirmou o negócio.
Os valores da negociação ainda não foram divulgados, mas estima-se que o clube gaúcho tenha desembolsado cerca de 3 milhões de euros pelo jogador, o que corresponde a aproximadamente R$ 9 milhões.
Uma cópia do documento já foi enviada à CBF e agora o Inter aguarda a confirmação do Al Gharafa junto à FIFA para oficializar a transferência. A diretoria espera que o clube árabe insira os dados de Alex até este sábado.
O meia voltará ao Inter para reforçar o time de Dunga e reeditar a dupla com D'Alessandro. Juntos, eles foram campeões da Sul-Americana, em 2008, com Tite no comando e Nilmar no ataque. O elenco ainda contava com Clemer, Bolívar, Guiñazu, Magrão, Sandro, Andrezinho e Taison. Na sua última passagem pelo Brasil, Alex atuou pelo Corinthians e conquistou o inédito título da Libertadores, em 2012.
O Inter também está próximo de um acordo com o argentino Ignacio Scocco, que viria para melhorar a força ofensiva dos comandados de Dunga. No entanto, a situação é um pouco mais delicada. Na tarde da última quinta-feira, Luigi se encontrou com um dos empresários de Scocco, Iván Hernández, com o vice-presidente do Newell´s, Jorge Riccobelli, além do advogado Daniel Cravo para alinhavar a negociação. Houve um acerto entre as partes envolvidas.
O problema: a negociação não envolve apenas o clube argentino. O jogador de 28 anos pertencia ao Al Ain, dos Emirados Árabes. Porém, o Newell´s deixou uma pendência com o clube do Oriente Médio, que seria repassado pelo Inter. Com o acerto, o Al Ain liberaria o atacante, que poderia se desvincular do time de Rosário.

Nenhum comentário: