terça-feira, 23 de abril de 2013

23/04/2013 07h10 - Atualizado em 23/04/2013 10h05

Beira-Rio chega a 400 dias de obras com AG e foca em acesso e cobertura

Construtora prepara a instalação da quinta folha metálica do novo teto e também prioriza finalização das novas vias de acesso

Por Diego Guichard Porto Alegre
71 comentários
A cada dia, um novo progresso. Fica para trás a imagem de um Beira-Rio arrasado pelas obras e cria-se um novo panorama: uma produção arquitetônica em andamento para a Copa do Mundo. Nesse cenário cada vez mais real e próximo ao olhar do torcedor, o estádio completa 400 dias de gestão Andrade Gutierrez nesta quarta-feira, com 65% das operações concluídas, de acordo com o último balanço divulgado.
Beira-Rio em obras (Foto: Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)Beira-Rio já conta com quatro 'folhas' instaladas (Foto: Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)
Com todo estádio em construção, a AG soma esforços principalmente em dois setores: na instalação da nova cobertura e nos setores de acesso à casa colorada. Para o futuro teto, o clube já instalou a quarta estrutura metálica de 30 metros que abrigará o revestimento. Prepara-se então para o içamento e instalação da chamada quinta “folha” (de um total de 65).
Obras com AG começaram em 20 de março de 2012, após 270 dias de impasse sobre o contrato da parceria entre clube e construtora. Antes, o clube iniciara a reforma com recursos próprios
A cobertura deverá ser uma das últimas etapas a ser concluída na reforma do Beira-Rio. A previsão para a instalação do último gomo é para dezembro.  A colocação de todas as estruturas metálicas que sustentam esses gomos será finalizada em novembro. A membrana que a revestirá começa em setembro e se encerrará em dezembro.
Na última semana, foi terminada a primeira das 14 torres de circulação.  Elas dão acesso a todos os seis níveis do Beira-Rio e possibilitarão a evacuação em até oito minutos - uma das exigência da Fifa para palcos do Mundial.
Obra vira atração e até fórum
A obra tornou-se um tipo de atração turística entre os colorados. Atraídos pelo sonho de um estádio moderno, 100% padrão Fifa, torcedores passaram a acompanhar e registrar o andamento da reforma. A partir daí, foi criado o grupo Beira-Rio, Gigante Para Sempre – SCI, no Facebook. Tornou-se um canal online de divulgação de informações.
- O grupo foi crescendo e vários torcedores começaram a querer contribuir de uma forma ou de outra. As próprias pessoas que trabalham na obra começaram a nos enviar fotos - explica um dos responsáveis Emílio Fialho, em contato com a TVCOM.
Torre de circulação ao estádio Beira-Rio (Foto: Diego Guichard)Torre de circulação no estádio Beira-Rio (Foto: Diego Guichard)
O estádio receberá cinco jogos da Copa do Mundo de 2014. Para as partidas do torneio, a capacidade total do estádio será de 51.300 lugares.
A casa colorada contará com 70 camarotes, 5 mil assentos VIPs, na parte mais central do campo, onde ficava a social, e os 55 skyboxes, que serão uma área nobre, na parte mais alta do estádio, na antiga marquise, próximo às folhas metálicas que cobrirão o Beira-Rio.
A previsão é de que a obra seja encerrada em dezembro. No entanto, há possibilidade remota de o estádio ser liberado para jogos em setembro. O clube já trabalha em busca de ideias para a festa de reinauguração, entre elas a presença de um gigante europeu para o amistoso de abertura.

Nenhum comentário: