quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013



aumentar fonte: a a a
compartilhar: facebook twitter
 06/02/2013
Inter recebe representantes da escolinha colorada no Japão
Dirigentes colorados receberam no estádio Beira-Rio o japonês Hiromasa Wakahara, que será representante-geral da The Red Academy, franquia da Escolinha do Inter que será inaugurada em seus país. A visita, que foi acompanhada pelo presidente do Internacional, Giovanni Luigi, pelo vice-presidente de marketing, Adauri Silveira, e pelo diretor executivo de marketing, Jorge Avancini, selou o contrato para o projeto que visa expandir a marca colorada no mercado asiático.
 Wakahara (de preto) foi recebido por dirigentes colorados
Wakahara, que teve a companhia do coordenador do projeto, Ricardo Tiwata, é outro caso de japonês que se apaixonou pelo Inter após a conquista do Mundial de 2006, frente ao Barcelona: “É uma grande emoção trabalhar com um clube como este. Estou impressionado com a estrutura e a paixão demonstrada pelos torcedores. Espero representá-los bem no Japão. Meu sonho é que algum atleta de lá se torne um grande profissional no Inter”, declarou o representante colorado em terras nipônicas.
Em novembro de 2012, Avancini, o diretor do Genoma Colorado, Paulo Seelig, e o diretor das categorias de base do Inter Ademir Calovi foram a Akashi, cidade que abrigará a primeira escolinha colorada no Japão, para alinhavar o negócio de perto. O modelo tratado pelas partes prevê cessão de know-how, suporte técnico e fornecimento de material esportivo pelo Internacional. Em contrapartida, os japoneses irão construir a unidade e cuidar do dia a dia da operação. O Inter não precisará arcar com as despesas da escolinha e, além de ficar com 10% das mensalidades dos alunos, ainda terá a prioridade sobre jovens talentos que porventura surgirem no local e poderá realizar clínicas de futebol e intercâmbio de atletas e comissão técnica.
A Red Academy será inaugurada em abril e terá a capacidade de atender 500 garotos de 8 a 16 anos. A ideia é abrir outras dez escolas até 2016, potencializando ainda mais a marca colorada no mercado asiático.

Nenhum comentário: