segunda-feira, 27 de agosto de 2012


27/08/2012 18h51 - Atualizado em 27/08/2012 19h49

Inter rejeita proposta do Tottenham e fecha as portas para saída de Damião

Atacante deve permanecer no Beira-Rio pelo menos até o fim do ano

Por Tomás HammesPorto Alegre
6 comentários
Leandro Damião, atacante do Inter (Foto: Diego Guichard/GLOBOESPORTE.COM)Leandro Damião deverá permanecer no Beira-Rio
(Foto: Diego Guichard/GLOBOESPORTE.COM)
Inter e representantes do Tottenham, da Inglaterra, tiveram reunião na última semana para tratar o destino do atacante Leandro Damião. No encontro, o clube inglês formalizou proposta pelo camisa 9. No entanto, foi considerada abaixo das pretensões coloradas para a liberação do atleta, que tem contrato até 2016. O valor da rescisão é € 60 milhões (cerca de R$ 152 milhões).
Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, no CT do Parque Gigante, o vice de futebol Luciano Davi reiterou a permanência do centroavante pelo menos até o fim da temporada. Mesmo que a janela de transferências para a Europa fique aberta até 31 de agosto, o dirigente fechou as portas para uma possível saída.
- A nossa intenção é não tirar o Damião daqui neste ano. Ele é atleta do Inter até dezembro. A proposta que apresentaram não foi relevante e não estamos interessados em vendê-lo – frisou Davi.

A imprensa inglesa chegou a divulgar que a proposta do Tottenham giraria em torce de 20 milhões de libras (aproximadamente R$ 64 milhões) – o que não foi confirmado pelo Inter.
- O Tottenham já veio atrás de nós. A proposta não atingiu os números que o Inter acha que vale. O Damião é centroavante da Seleção e precisamos valorizar isso – complementou.

Inter envia ofício à CBF para contar com Damião diante do São Paulo


Confiante em manter o centroavante no Beira-Rio, o Inter busca aproveitar o faro de gols do camisa 9 o maior tempo possível. Até por isso, enviou uma carta à CBF pedindo que Damião esteja à disposição de Fernandão para o confronto contra o São Paulo, no dia 5 de setembro, e, depois, retorne ao convívio da seleção brasileira.
O camisa 9 foi convocado por Mano Menezes para os jogos contra África do Sul, no dia 7 de setembro, no Morumbi, em São Paulo, e China, dia 10, no estádio Arruda, no Recife. Caso tenha o pedido acatado, ele desfalcaria o Inter apenas contra o Fluminense, no dia 9 de setembro.
Davi revelou que o presidente Giovanni Luigi terá um encontro com o mandatário da CBF, José Maria Marin, até o fim da semana para garantir a utilização do centroavante contra os comandados de Ney Franco:
- O Internacional encaminhou uma carta à CBF pedindo a liberação do jogador para enfrentar o São Paulo. Inclusive, o Giovanni deve se encontrar com o Marin para resolver esta situação.

Nenhum comentário: