segunda-feira, 6 de agosto de 2012


06/08/2012 18h51 - Atualizado em 06/08/2012 19h01

Jurídico do Inter crê em absolvição ou pena mínima para D'Alessandro

Meia do Inter será julgado nesta quarta-feira no STJD por causa da expulsão contra o Atlético-MG

Por Diego GuichardPorto Alegre
3 comentários
D'Alessandro, meia do Inter (Foto: Diego Guichard/GLOBOESPORTE.COM)D'Alessandro está em fase de fisioterapia
(Foto: Diego Guichard/GLOBOESPORTE.COM)
Enquanto D’Alessandro realiza fisioterapia por causa de dores na coxa esquerda, terá de passar por um julgamento nesta quarta-feira. Será avaliado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva por causa da expulsão diante do Atlético-MG. Embora o árbitro Marcelo de Souza tenha colocado na súmula que o vermelho foi em decorrência de agressão por causa de uma “peitada”, o departamento jurídico do Inter segue esperançoso em possibilidade de até mesmo conseguir a isenção do meia ou pena mínima.

- Acho que tranquilamente conseguiremos a desclassificação da pena para outro artigo. Nós procuramos trabalhar com fatos e o D’Alessandro é um jogador bastante visado. Quem viu o lance sabe que não foi agressão nenhuma. Não há como agredir como uma peitada. Estamos bem tranquilos nesse ponto. Trabalharemos para conseguir absolvição ou pena mínima – explicou o advogado Daniel Cravo, em contato com a Rádio Guaíba.
 
 D’Ale foi expulso aos 37 do primeiro tempo. O argentino recebeu amarelo por cometer falta em Leandro Donizete e foi expulso quando reclamou ao juiz. Por causa do lance, foi enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Pode levar gancho por até outras 11 partidas.

O camisa 10 voltou a atuar no empate sem gols contra o Vasco, mas teve de sair ainda no primeiro tempo por causa de dores musculares. Embora o departamento médico do Inter tenha caracterizado a lesão como mínima, o argentino ficará um mês fora dos gramados em tratamento intensivo.
D'alessandro cobra falta (Foto: Alexandre Lops/Divulgação, Inter)D'Alessandro se lesionou em cobrança de falta (Foto: Alexandre Lops/Divulgação, Inter)


 

Nenhum comentário: