sexta-feira, 3 de agosto de 2012


03/08/2012 17h52 - Atualizado em 03/08/2012 18h13

Após sondagem do Fla, Inter exige pagamento de multa para liberar Moledo

Recomendado por Dorival Júnior, zagueiro perdeu espaço com Fernandão

Por GLOBOESPORTE.COMPorto Alegre e Rio de Janeiro
71 comentários
Rodrigo Moledo, zagueiro do Inter (Foto: Diego Guichard/Globoesporte.com)Moledo pode ter o futuro fora do Beira-Rio
(Foto: Diego Guichard/Globoesporte.com)
Em baixa com Fernandão, Rodrigo Moledo se tornou a terceira opção para a zaga do Inter, perdendo espaço para Bolívar, braço direito do treinador. E o defensor poderá sobrar até mesmo do banco a partir do momento em que Juan for liberado para ser relacionado. Conforme adiantado pelo blog Primeira Mão, esse quadro faz com que o futuro do jogador possa ser no Rio de Janeiro, já que recebeu uma sondagem do Flamengo, de Dorival Júnior - treinador com quem era titular absoluto no clube gaúcho.

- Foi uma sondagem por empréstimo. Perguntaram para ver se tinha possibilidade. Nada oficial, somente especulação – explicou o empresário Sandro Zardo.
A postura do Inter é a de barrar a negociação, a não ser que o Flamengo pague o valor da multa rescisória, estipulado em 50 milhões de euros (R$ 97,1 milhões). O zagueiro tem contrato com o clube até janeiro de 2016.

- O Moledo é Patrimônio do Inter e está em ascensão. Só sai por pagamento de multa. São 50 milhões de euros à vista – frisou o presidente Giovanni Luigi, em contato com a Rádio Guaíba.
Também circulou a informação de que Moledo teria pedido para deixar o Inter, o que foi negado pela diretoria e pelo empresário. Conforme apurado pelo GLOBOESPORTE.COM, a chance de ser atuar no Rio, sua terra natal, agrada Moledo.

- Fui surpreendido quando me fizeram essa pergunta. Assim como o Bolívar ficou na reserva e soube esperar o momento, o Moledo deve saber fazer o mesmo – acrescentou Luigi.

Flamengo e Inter tem se esbarrado em negociações por zagueiros. Juan era dado quase como certo na Gávea, antes de fechar com os gaúchos. E em janeiro, o Rubro Negro chegou muito perto de fechar com Bolívar.


 

Nenhum comentário: