domingo, 22 de julho de 2012


22/07/2012 06h50 - Atualizado em 22/07/2012 06h50

Hora da virada: Inter e Atlético-GO duelam em busca de nova fase

Dragão pode sair da lanterna, e Inter estreia ídolo Fernandão como técnico

Por GLOBOESPORTE.COMPorto Alegre e Goiânia
6 comentários
A esperança invadiu os vestiários de Inter e Atlético-GO na semana que antecedeu a partida entre as duas equipes, neste domingo, às 16h, no Beira-Rio. O Dragão conquistou na última quinta-feira a sua primeira vitória no Brasileirão e ganhou vida para fugir da zona de rebaixamento. Já o clube gaúcho demitiu o técnico Dorival Júnior e colocou no lugar Fernandão, um ídolo colorado, líder dos times campeões da Libertadores e do Mundial. O ex-capitão já irá para a casamata e fará a sua estreia diante da torcida.
Mas apesar dos ambientes renovados nas duas equipes, os técnicos não terão facilidades para montar seus times. No Inter, são pelo menos cinco titulares fora da partida: D’Alessandro, expulso na última partida, Oscar e Damião, a serviço da Seleção, além de Nei e Kleber, machucados.
Jairo Araújo também tem mais problemas do que solução para escalar o Dragão. Gilson está de volta. O zagueiro ingeriu uma medicação contra a gripe antes da partida contra o Figueirense e foi vetado pelo departamento médico, que ficou com receio de que o atleta fosse pego no exame antidoping. Em contrapartida, o treinador rubro-negro não poderá contar com Marcos, suspenso, e Pituca, que sente dores musculares e sequer viajou para Porto Alegre. O atacante Felipe, com desconforto muscular, é dúvida, mas deve ir para o jogo. A maior certeza é que Joilson, grande destaque da vitória contra o Figueira, será titular.
Com apenas cinco pontos, a equipe goiana ainda amarga a lanterna do Brasileirão, mas poderá ganhar posições caso vença no Beira-Rio e conte com tropeços de Figueirense, Palmeiras e Bahia. Já o Inter, que ocupa a 8ª posição com 16 pontos, sonha mais alto. Com uma vitória cola de novo nos quatro primeiros que garantem vaga na Libertadores.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances da partida em Tempo Real, com vídeos exclusivos.O PFC, em sistema pay-per-view, mostra o jogo para todo o Brasil.

header as escalações 2
Inter: Na estreia do agora técnico Fernandão, mudanças. Ele sacou o menino Otávio da equipe e tratou de reforçar o meio-campo. Ygor deverá fazer a sua estreia ao lado de Elton e Guiñazu. Lucas Lima será o único armador da equipe. Jajá também ganhará uma oportunidade e fará dupla de ataque com Dagoberto. O time: Muriel; Edson Ratinho, Bolívar, Índio e Fabrício; Ygor, Elton, Guiñazu e Lucas Lima; Jajá e Dagoberto.
Atlético-GO: O técnico Jairo Araújo tem desfalques, mas também um retorno importante. O zagueiro Gilson volta após ingerir um medicamento irregular contra gripe. Porém, Marcos, suspenso, e Pituca, com dores musculares, estão fora da partida. O time: Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Reniê e Eron; Marino, Ernandes, Joilson e Bida; Wesley e Felipe (Patric).
quem esta fora (Foto: arte esporte)
Inter: Os laterais Nei e Kleber, machucados, ficam de fora. Dátolo também se recupera de lesão segue no estaleiro. D'Alessandro, expulso na última partida, está susenso. Oscar e Damião estão servindo a Seleção Brasileira e desfalcam o Colorado.
Atlético-GO Marcos está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Pituca sente dores musculares e foi vetado. Diogo Campos, com problemas particulares, pediu dispensa deste jogo. Leonardo se recupera de lesão no tendão da coxa. Adriano Pimenta e Felipe Brisola têm lesões no joelho.
header pendurados (Foto: ArteEsporte)
Inter: Dagoberto, Dátolo, Elton e Guiñazu
Atlético-GO: Paulo Henrique, Gabriel, Eron e Marino.
header o árbitro (Foto: ArteEsporte)
Paulo Godoy Bezerra (SC) apita a partida, auxiliado por Dibert Pedrosa Moises (Fifa/RJ) e Helton Nunes (SC). Paulo Godoy ainda não arbitrou jogos na Série A deste ano, que registra média de 4,68 amarelos, 0,24 vermelho, 37,5 faltas e 0,3 pênalti.

header fique de olho 2
Inter:
 Quem protagoniza o espetáculo são os jogadores, mas neste domingo no Beira-Rio os holofotes estarão voltados para a casamata. Fernandão, que já foi jogador e dirigente do Inter, agora faz a sua estreia como técnico. Depois da demissão de Dorival Júnior, ele foi o escolhido pela diretoria para "sacudir o vestiário" colorado em busca de uma reação no Brasileirão.
Atlético-GO: Apesar de ser um dos jogadores mais regulares do Atlético-GO no Campeonato Brasileiro, o meia Joilson foi sacado da última partida. Jairo Araújo adotou um esquema mais ofensivo e optou por fazer a alteração. Entretanto, Joilson deu a resposta dentro de campo, entrou no segundo tempo e decidiu contra o Figueirense. Neste domingo, Joilson está de volta à formação titular e tentará provar que seu lugar é na equipe principal.

header o que eles disseram

Fernandão, técnico do Inter: "Tenho uma grande vantagem, que é conhecer o estilo de futebol gaúcho, sei do que a torcida gosta. O torcedor quer marcação ofensiva. É isso que faz levantar das arquibancadas e apoiar o time. Quero colocar um pouco do meu pensamento de futebol, daquilo que imagino. Tentar ser mais agressivo"
Wesley, atacante do Atlético-GO: “A primeira vitória tirou um peso muito grande das costas de todo mundo. A gente não podia se contentar só em jogar bem. Precisávamos vencer também e foi o que ocorreu contra o Figueirense. Isso nos dá mais confiança para seguir em busca da reação. Vamos tentar uma sequência de vitórias. Estamos mais motivados para jogar fora de casa, já que os clubes que brigam com a gente para escapar do rebaixamento não se distanciaram muito na tabela”.
header números e curiosidades
* Inter e Atlético-GO já se enfrentaram seis vezes na história do Brasileirão. E o protagonismo é todo do Colorado. Foram três vitórias do clube gaúcho e outros três empates. Ou seja: o duelo deste domingo é a oportunidade para o Drgão conquista um triunfo inédito.
* A média de gols das partidas entre Inter e Atlético-GO em Campeonatos Brasileiros é de 2,6 gols por partida. Foram marcados 16 gols (12 pelo Inter e 4 pelo Atlético) em 6 confrontos.
* O Atlético-GO disputou apenas 7 partidas no Rio Grande do Sul na história da Série A do Campeonato Brasileiro. Nesses 7 jogos, todos em Porto Alegre, o Dragão obteve uma vitória (1x0 Grêmio/1980), 3 empates e 3 derrotas, com 6 gols marcados e 13 sofridos.
* Quem tem vantagem? Confira o histórico do confronto na Futpédia.
header último confronto v2
Embalado na reta final do Brasileirão de 2011, o Inter visitou o Atlético-GO no Serra Dourada e saiu com a vitória. O único gol da partida foi marcado pelo lateral-esquerdo Kleber. Ele recebeu na entrada da área, bateu rasteiro, mas o goleiro Márcio deixou a bola escapar e acabou engolindo um frango.

Nenhum comentário: