domingo, 1 de julho de 2012


01/07/2012 07h05 - Atualizado em 01/07/2012 11h05

Bahia e Inter duelam, e Falcão revê ex-clube um ano após demissão

Partida válida pela sétima rodada do Brasileirão acontece às16h deste domingo no Estádio do Pituaçu, em Salvador

Por GLOBOESPORTE.COMSalvador e Porto Alegre
Comente agora
Pode o amor ser deixado de lado por 90 minutos? Mais do que Bahia x Inter, o jogo das 16h será o reencontro de Paulo Roberto Falcão, maior ídolo da história colorada, com o clube gaúcho 349 dias após ser demitido.
Na tarde deste domingo, o treinador entrará com a habitual elegância e se dirigirá ao reservado, local que não costumou frequentar em seus tempos de atleta. Pela primeira vez como técnico, enfrentará o seu Inter (quando era jogador, disputou três amistosos, tendo marcado um gol). Inevitavelmente, receberá o abraço dos jogadores e da comissão técnica, mas buscará provar que a saída naquele 18 de julho não deveria ter ocorrido.

Dentro de campo, após vencer a primeira partida em Pituaçu contra o Sport, o Bahia quer manter o pacto de vitórias dentro de casa neste domingo. O time terá o retorno de seu principal jogador na temporada, o jovem Gabriel, que volta após dois jogos fora. O atacante Souza, recuperado de contusão, pode fazer sua primeira partida na Série A de 2012. Recém-contratado, Kleberson já está regularizado e tem chance de fazer a sua estreia com a camisa tricolor.

Pelo lado colorado, a ideia é manter a invencibilidade atuando como visitante e se aproximar ainda mais do topo da tabela. Dorival Júnior realizará apenas uma modificação na equipe que derrotou o Sport no último final de semana. Dagoberto, suspenso, dá lugar a Jajá. Além do meia-atacante, o Inter aposta no talento de Oscar, D'Alessandro e Leandro Damião para voltar deixar o Pituaçu com mais três pontos.

O PFC transmitirá o duelo para todo o Brasil. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o jogo em Tempo Real.

header as escalações 2
Bahia: após dois jogos fora, Gabriel está confirmado no time titular. As escalações de Souza e Kleberson, no entanto, permanecem indefinidas. Caso vá para o jogo, o volante pentacampeão do mundo recém-chegado deve atuar na vaga de Diones. O capitão Titi, que retorna de suspensão, é outro confirmado na equipe. Existe ainda a possibilidade de Falcão manter Jones no time e sacar o atacante Júnior. O time titular deve ser formado por Marcelo Lomba; Fabinho, Titi, Danny Morais e Helder; Fahel, Diones, Gabriel e Mancini; Júnior e Elias.
Internacional: sem mistério, Dorival Júnior confirmou a equipe. O time é praticamente o mesmo que venceu o Sport no último final de semana. A única mudança é a saída de Dagoberto para a entrada de Jajá. O meia-atacante tem no potente chute a principal arma, mas também se destaca pelas assistências. Até o momento, já deu sete passes que resultaram em gols. O Inter entrará em campo com Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Elton, Guiñazu, Oscar e D’Alessandro; Jajá e Leandro Damião.

quem esta fora (Foto: arte esporte)
Bahia: Os laterais Coelho e Madson e o meia Jéferson seguem se recuperando de lesões. Os laterais ainda devem ficar fora por um bom período, enquanto Jéferson deve ser incorporado ao grupo definitivamente no mês de julho. Ávine ficará realizando fortalecimento muscular.
Internacional: Dagoberto está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Rodrigo Moledo, com uma lesão muscular na coxa esquerda, ainda não voltou aos trabalhos com o grupo principal. Após realizar cirurgia no púbis, Dátolo deve retornar em aproximadamente 30 dias.
header pendurados (Foto: ArteEsporte)
Bahia: ninguém
Internacional: Dátolo, Elton e Guiñazu
header o árbitro (Foto: ArteEsporte)
Sandro Meira Ricci (Fifa/PE) apita o jogo, auxiliado por Roberto Braatz (Fifa/PR) e Griselildo de Souza Dantas (PB). Sandro Ricci arbitrou uma partida no Brasileirão, marcou 32 faltas, aplicou 2 amarelos, nenhum vermelho e assinalou um pênalti. O campeonato tem média de 4,59 amarelos, 0,22 vermelhos e 37,7 faltas.

header fique de olho 2
Bahia:
 Xodó da torcida e rei das assistências, o meia Gabriel está de volta ao time na partida contra o Internacional, depois de ficar de fora dos duelos contra Sport e Figueirense. Principal arma do Bahia com a bola parada, Gabriel é o homem com quem os gaúchos terão que se preocupar.

Internacional: Leandro Damião é a grande esperança de gols dos gaúchos. Diante do Sport, o camisa 9 marcou o segundo na vitória sobre o Sport no último final de semana. No último treinamento antes da viagem a Salvador, o goleador recebeu cruzamento e fez um golaço de bicicleta.

header o que eles disseram

Mancini, meia do Bahia: "Todo mistério é bem vindo. A gente conhece a maneira de movimentação de cada um, mas de repente tem uma bola parada, um escanteio que a gente pode tirar proveito. O treino secreto muitas vezes ganha campeonato, ganha um jogo. A gente está usando todas as armas para poder bater o Inter".


Dorival Júnior, técnico do Internacional: "O Falcão sempre foi um ídolo, tanto para o torcedor quanto para mim. Eu gostava muito do que ele fazia em campo. Neste novo passo na carreira, vejo ele confirmar tudo aquilo que se esperava. Será um jogo difícil, complicado. Contra o Sport, a postura da equipe do Inter fez prevalecer e tornar a partida mais fácil. A compactação que existiu nessa última partida, não aconteceu em nenhum momento contra o Botafogo".
header números e curiosidades
* Além da busca pelos três pontos, o Bahia tentará quebrar um tabu de 22 anos (ou 15 jogos) sem vencer o Inter pelo Brasileirão. O time nordestino ganhou pela última vez em Salvador (Fonte Nova), dia 11/11/90, por 2x1, gols de Charles, marcando Caçapava para o Inter. Desde então, os colorados acumulam 10 triunfos. Em cinco oportunidades, a partida terminou empatada

* A julgar pelo histórico dos confrontos pelo Brasileirão, a partida dificilmente terminará empatada em 0 a 0. A média de gols das partidas entre as duas equipes em Brasileiros é de 2,25 gols por jogo. Foram marcados 61 gols em 27 partidas

header último confronto v2
 No dia 16 de novembro de 2011, ocorreu o último jogo entre Inter e Bahia. Na ocasião, os colorados venceram por 1 a 0 no Beira-Rio. Gilberto marcou o único gol da partida. Entretanto, a partida ficou marcada por outro lance. Em uma dividida com Bolívar dentro da área, o lateral-esquerdo Dodô levou a pior e rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. O árbitro Paulo César de Oliveira deixou o lance seguir.

Links Patrocinados

Nenhum comentário: