quinta-feira, 28 de junho de 2012


28/06/2012 18h50 - Atualizado em 28/06/2012 19h15

Inter ingressa com recurso na Justiça para tentar liberar o Beira-Rio

Decisão deve sair nesta sexta-feira, na data em que clube necessita divulgar para a CBF onde enfrentará o Cruzeiro, no dia 7 de julho

Por Diego GuichardPorto Alegre
5 comentários
Beira-Rio em obras (Foto: Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)Beira-Rio em obras
(Foto: Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)
O tempo é curto, mas o Inter segue esperançoso em manter o estádio Beira-Rio para as 16 rodadas restantes do Brasileirão e quem sabe ainda receber o Cruzeiro, no dia 7. A esperança se deu a partir da entrada com recurso na Justiça, por meio do advogado Mauro Glashester, no final da tarde desta quinta-feira.

Glashester chegou ao Tribunal de Justiça pouco depois das 17h30m. Antes disso, por questão de formalidade, já havia solicitado  pedido de reconsideração ao juiz João Ricardo dos Santos Costa, da 16ª Vara Cível. Teve indeferida a solicitação, mesmo com a apresentação de um novo laudo - enviado no final da tarde de quarta-feira.

- Havíamos feito por uma questão processual um pedido de consideração para o próprio juiz. Já sabíamos que ele iria negar, mas precisávamos cumprir essa etapa – contou o advogado.
A resposta sai durante essa sexta-feira. Não há ainda um período previsto.

- Agora não tem mais reconsideração, é só no tribunal. Entrei com um agravo de instrumento, um pedido de liminar – acrescentou Glashester.
Nesta sexta-feira, o Inter terá de comunicar a CBF onde será realizada a partida contra o Cruzeiro, no dia 7. Enquanto a decisão na Justiça não sai, a diretoria segue sem divulgar um possível plano B.
O discurso no clube é amparado pelo apoio da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros, que têm dado o aval que o Beira-Rio precisa para receber as partidas. As inspeções ocorrem, inclusive, poucas horas antes de abrir os portões para os jogos.
De acordo com a promotoria de Justiça, não são apenas os detritos que causam transtorno. Por conta das reformas, as instalações também levam perigo à vida das pessoas. Conforme o órgão, a liberação do estádio só será concedida com a certeza de que os torcedores terão segurança ao acompanhar os jogos - o que somente seria possível ao fim das obras.
Obras no Beira-Rio (Foto: Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)Inter não tem garantia de que poderá continuar a sediar jogos no Beira-Rio
(Foto: Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)


Nenhum comentário: