sexta-feira, 22 de junho de 2012


22/06/2012 16h52 - Atualizado em 22/06/2012 18h30

Inter admite propostas por Bolatti e avisa que volante definirá futuro

Argentino tem recebido poucas oportunidades com o técnico Dorival Júnior

Por Tomás HammesPorto Alegre
11 comentários
inter bolatti tinga treino (Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter)Bolatti já disputou 55 partidas pelo Inter (Foto:
Alexandre Lops / Divulgação Inter)
O futuro de Bolatti no Beira-Rio pode estar mesmo com os dias contados. Pouco aproveitado por Dorival Júnior, o argentino já recebeu ofertas para deixar o Inter. E o clube não dificultará sua saída, caso seja do interesse do volante.
Herói da classificação da Argentina para a Copa do Mundo de 2010 e com inúmeras convocações em seu currículo, o cartaz do gringo segue irretocável. Já havia sido ventilado que o Independiente estava interessado no camisa 8. Na manhã desta sexta-feira, o técnico colorado não confirmou quem manteve contato com o volante, mas garantiu que ele foi procurado:
- Ele tem propostas. Cabe ao Bolatti estudar. Eu nunca fui de segurar ninguém.
Apesar da preferência por outros volantes (além de Guiñazu e Sandro Silva – que era o titular até ser afastado pela direção por conta da indefinição de seu futuro –, já foi preterido por Elton e Josimar), Dorival declarou que ainda conta com o jogador, “que está buscando uma recuperação”.
Se a disputa acirrada no setor já é um empecilho, outro complicador é o número de estrangeiros. O Inter conta com quatro gringos e apenas três podem ser relacionados em partidas nacionais. D'Alessandro e Guiñazu são titulares incontestáveis da equipe.
Dátolo virou um dos destaques colorados em 2012. O camisa 23, no entanto, acaba de passar por cirurgia no púbis e não retornará aos gramados antes de 40 dias. Mas a fase de Bolatti não o ajuda. O volante sentiu dores lombares e ficou fora da viagem para Recife.
Bolatti estreou no no Inter no dia 17 de fevereiro de 2011, contra o Emelec. Até o momento, disputou 55 partidas pelo clube, tendo marcado cinco gols.
 

Nenhum comentário: