quarta-feira, 13 de junho de 2012


13/06/2012 20h06 - Atualizado em 13/06/2012 20h13

Inter nega negociação, mas deixa portas abertas a Diego Forlán

Atacante de 33 anos foi oferecido ao clube gaúcho nas últimas semanas

Por Diego GuichardPorto Alegre
14 comentários
forlan Catania x internazionale (Foto: Getty Images)Forlán foi oferecido ao Inter (Foto: Getty Images)
Há cerca de 30 dias, o craque da Copa de 2010, Diego Forlán, foi oferecido ao Inter no meio de uma lista entre vários jogadores. Na última semana, novamente um agente entrou em contato com o clube gaúcho. Alentou com a possibilidade de o atacante uruguaio sair do Inter de Milão sem custo. O clube gaúcho nega negociação com o jogador, mas não fecha portas.

Duas questões ficaram em aberto. Primeiro, o alto salário do jogador do Inter de Milão. Segundo, o fato de o clube gaúcho já contar com quatro estrangeiros - já que somente três podem ser relacionados para uma partida.

- Recebemos uma nova ligação na última semana de uma pessoa ligada ao empresário. Ele disse que o Forlán poderia sair sem custo. Perguntou o que acharíamos dele. Só que não tivemos mais contato. Não tem nada assinado com Forlán. Mas não dá para fechar as portas para um jogador como esse – explicou o presidente Giovanni Luigi.

- Vocês sabem quanto ganha o Forlán? – comentou o vice de futebol Luciano Davi, durante o treino da tarde desta quarta-feira.
 
Após uma temporada fraca na Inter de Milão, o atacante de 33 anos teria o interesse de uma transferência. E a proximidade do Rio Grande do Sul com o Uruguai é um fator que agrada o atleta. O Inter está aberto a fazer um grande investimento para o grupo no Brasileirão. Forlán não chega exatamente a ser cogitado, a não ser que seja um negócio de extrema ocasião. Nilmar, do Villarreal, segue como principal objetivo.

Não foi a primeira vez que o nome do uruguaio circulou pelo Beira-Rio. No início de 2011, o então vice de futebol do clube, Roberto Siegmann admitiu que sondou o jogador, que defendia o Atlético de Madrid antes de contratar Fernando Cavenaghi. No entanto, a multa rescisória, no valor de 35 milhões de euros, inviabilizou qualquer tipo de negócio.
Forlán foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, quando marcou cinco gols em sete jogos, ajudando a equipe do técnico Oscar Tabarez a conquistar o quarto lugar no torneio. Atualmente, ele defende a Inter de Milão, mas não passa por bom momento. Na temporada 2011/2012, disputou 20 partidas, tendo marcado apenas dois gols.
 

Nenhum comentário: